Primo dos dinossauros
Cientistas encontram na Antártica primo dos dinossauros que viveu à 250 milhões de anos atrás
03/03/2019

Cientistas anunciaram a descoberta de um fóssil de 250 milhões de anos de um espécime primitivo que pode ter sido o “primo” dos dinossauros. O espécime viveu na antártica pré-histórica durante o período Triássico, quando os continentes ainda estavam unidos em uma gigantesca massa de terra denominada Pangeia e ainda não existia gelo nos polos do planeta.

O esqueleto fóssil está incompleto, mas com base em vários estudos, os paleontólogos conseguiram determinar como era o espécime, o qual foi apelidado de Antarctanax shackletoni , “Rei da Antártica”.

Antarctanax shackletoni

Este novo animal era um Archosauria, um parente precoce de crocodilos e dinossauros, diz Brandon Peecook, pesquisador do Museu Field e autor de um artigo no Journal of Vertebrate Paleontology descrevendo a nova espécie.

Por si só, parece um pouco com um lagarto, mas, evolutivamente, é um dos primeiros membros desse grande grupo. Ele nos diz como os dinossauros e seus parentes mais próximos evoluíram e se espalharam.

A Antártica nem sempre foi um terreno baldio congelado – 250 milhões de anos atrás, ela era coberta de florestas e rios, e a temperatura raramente caía abaixo de zero. Foi também o lar de diversos animais selvagens, incluindo os primeiros parentes dos dinossauros.

Postagens Relacionadas