Bajadasaurus pronuspinax
Dinossauro com espinhos ósseos por todo o pescoço é descoberto na Argentina
19/02/2019

Uma equipe de paleontólogos da Argentina apresentaram esta semana uma nova espécie de dinossauro pescoçudo que viveu na região da Patagônia há cerca de 140 milhões de anos atrás.

O espécime foi batizado de “Bajadasaurus pronuspinax” e classificado na família dos Dicraeosauridae, um grupo de saurópodes comparativamente pequenos e de pescoço curto que viveu desde o início do Jurássico até o final do Cretáceo Inferior.

Possuía cerca de 12 metros de comprimento e 4 de altura, pesando algo em torno de 4 toneladas. Sua maior característica é a formação de longos espinhos na região do pescoço, que eram usados frequentemente para afugentar predadores.

Bajadasaurus pronuspinax

Curiosamente, os espinos não eram ossos nus ou apenas cobertos com pele.
Segundo os pesquisadores, eles acreditam que os espinhos eram cobertos por uma bainha de queratina, semelhante à que existe nos chifres de mamíferos como o antílope.

Postagens Relacionadas