Kamuysaurus japonicus
Nova espécie de dinossauro “bico de pato” é descoberta no Japão
08/09/2019

Cientistas japoneses anunciaram a descoberta de uma nova espécie de dinossauro da família dos hadrossauros que viveu a cerca de 72 milhões de anos na região onde hoje é o norte do Japão.

O espécime foi batizado Kamuysaurus japonicus e assim como seus parentes, possuía um focinho protuberante em forma de bico, tinha cerca de oito metros de comprimento e pesava em torno de 5,3 toneladas.

O primeiro vestígio fóssil do espécime foi encontrado em 2013 na cidade de Mukawa, norte do Japão. Apenas parte de sua cauda foi encontrada inicialmente, no entanto, escavações posteriores acabaram revelando outras partes do espécime, o que ajudou os cientistas a criarem um esboço do animal.

Kamuysaurus japonicus

De acordo com o estudo liderado pelo professor Yoshitsugu Kobayashi, do Museu da Universidade de Hokkaido, os ossos do espécime revelaram que ele pertenceu ao clado (grupo de organismos originados de um único ancestral comum) do Edmontosaurini e está intimamente relacionado ao Kerberosaurus descoberto na Rússia e ao Laiyangosaurus encontrado na China.

O animal possuía em seu crânio uma pequena faceta articular conectada ao osso nasal, o que indica que ele tinha uma crista na parte superior do crânio. Acredita-se que a crista se pareça com a crista fina e plana dos braquilofossauros, cujos fósseis foram desenterrados na América do Norte.

Ainda segundo o estudo, o espécime provavelmente viveu em zonas costeiras, um habitat extremamente raro para os animais da época. Sem muitos predadores nessas regiões, o espécime pode se adaptar e alcançar o ápice na escala evolutiva.

O fato de um novo dinossauro ter sido encontrado no Japão significa que existiu um mundo independente de dinossauros no Japão ou no leste da Ásia, com um processo de evolução independente — afirmou o coordenador da equipe, Yoshitsugu Kobayashi. — É raro que um (esqueleto de) dinossauro tão bem conservado seja encontrado no leste da Ásia.

Postagens Relacionadas