Vespersaurus_paraensis
Pesquisadores anunciam descoberta de dinossauro carnívoro que viveu no Paraná à 90 milhões de anos
27/06/2019

Pesquisadores brasileiros anunciaram a descoberta do fóssil de uma espécie, até então desconhecida, de dinossauro que viveu na região do Paraná há pelo menos 90 milhões de anos atrás.

Batizado de Vespersaurus paraensis – cujo nome homenageia o estado do Paraná – o espécime foi caracterizado como sendo um dinossauro carnívoro de médio porte, atingindo cerca de 1 metro e meio de comprimento quando adulto. Vivia numa região desértica, juntamente com outros dinossauros adaptados a esse tipo de clima. Tinha uma enorme garra em forma de lâmina, além de dentes pontiagudos e um esqueleto poroso e leve que o permitia correr mais rapidamente e ser mais eficaz durante as cassadas.

Seus restos fósseis foram encontrados inicialmente por agricultores da região de Cruzeiro do Oeste nos anos 1970 e encaminhados para a Universidade Estadual de Ponta Grossa. Porém, só agora seus vestígios foram identificados, graças a uma colaboração de pesquisadores da Universidade Estadual de Maringá, em associação com paleontólogos da USP e do Museu Paleontológico de Cruzeiro do Oeste.

Segundo os pesquisadores, o espécime faz parte da linhagem dos terópodes, um grupo de dinossauros carnívoros e bípedes, que também inclui os famosos tiranossauro e velociraptor, dois dos dinossauros mais letais já descobertos.

Vespersaurus paraensis - fossilCrédito: Eduardo Cavalari/RPC/Reprodução

Cruzeiro do Oeste é uma pequena cidade do Paraná com uma população estimada de 21.000 pessoas. Há 90 milhões de anos atrás, essa região era um imenso deserto que se estendia até a Índia. “É uma área riquíssima, que provavelmente levará a grandes descobertas”, relatou Neurides Martins, diretora do Museu de Paleontologia de Cruzeiro do Oeste.

Postagens Relacionadas