Pesquisadores encontram 85 pegadas de dinossauros bem preservadas na Inglaterra
03/03/2019

Pesquisadores Ingleses anunciaram a descoberta de 85 pegadas de dinossauros quase intactas na costa da Inglaterra. As pegadas foram deixadas por cerca de 13 espécies diferentes que viveram no Cretáceo Inferior, período entre 154 milhões e 100 milhões de anos atrás.

Segundo os paleontólogos, as pegadas são de herbívoros como Iguanodon, anquilossauro, estegossauro e alguns surópodes que viveram no período. Há também sinais de terópodes carnívoros, e elas variam em tamanho entre dois e 60 centímetros.

Pegada quase intacta de Anquilossauro (Foto: University of Cambridge)

Fósseis de dinossauros de corpo inteiro são raros. Geralmente você só encontra pequenos pedaços, que não dizem muito sobre como estes bichos podem ter vivido”, disse Anthony Shillito, da Universidade de Cambridge, no Reino Unido.

Uma coleção de pegadas como esta ajuda a preencher algumas lacunas e inferir coisas, como porque essas espécies de dinossauros estavam vivendo no mesmo lugar ao mesmo tempo, finalizou Shillito.

As pegadas foram encontradas na floresta de Ashdown, no condado de East Sussex, sul da Inglaterra, onde há penhascos de arenito de milhões de anos nos quais outras pegadas de dinossauros também já foram encontradas.

A descoberta, no entanto, se difere das restantes por vários fatores e um deles, é a qualidade dos achados. É possível ver  marcas de garras, escamas e até mesmo a pele dos dinossauros nesses fósseis.

Vestígio de pele de Iguanodon (Foto: University if Cambridge)

Postagens Relacionadas